Técnicas, dicas, equipamentos, comparativos, fotografias, notícias, novidades e tudo sobre a fotografia.

Top 10 de erros básicos com DSLR e como evitá-los.


1. Esquecer equipamento em casa

À medida que o seu equipamento fotográfico vai crescendo é mais fácil esquecermo-nos em casa de algo que não nos pareça importante, mas que pode vir a ser de importância crucial quando se sai para uma sessão fotográfica. Não se sugere como é óbvio, que cada vez que saia para fotografar que carregue todo o equipamento às costas. Portanto é importante visualizar mentalmente o local que irá fotografar e levar o equipamento essêncial, para que depois não se arrependa de algo que deixou em casa e que concerteza deveria ter levado.

2. Baterias não carregadas

Este será talvez o erro mais comum , e quase sempre resulta com uma volta a casa totalmente desapontado consigo próprio devido a essa falha. Para evitar esse tipo de constragimentos leve sempre no mínimo um par de baterias e melhor ainda, se a sua câmera suportar pilhas tipo AA leve igualmente umas quantas para prevenir. Carregue sempre as suas baterias na noite anterior, mesmo que as tenha carregado da última vez que utilizou a sua câmera.

3. Velocidade de ISO errada

Ter a liberdade de mudar a velocidade ISO é agora uma parte aceite da fotografia, tão natural como a mudança de velocidade do obturador ou de abertura. Com esta nova liberdade vem o perigo de deixar a câmera na configuração ISO errado para a situação actual, isso tende a acontecer especialmente entre fotos. Portanto, certifique-se sempre e confira o ISO antes de começar a fotografar e você nunca terá uma foto com ruído indesejado novamente.

4. Retire a tampa da objectiva

A perguntar-se porque o enquadramento está escuro e a câmera sugere 30 segundos de exposição? Verifique rápidamente a parte da frente da lente e retire a tampa. Este é dos erros mais confrangedores e especialmente se estiver junto com outros fotógrafos.

5. Esqueceu-se de repôr a compensação de exposição

Imagem muito escura ou clara e você não faz ideia porquê? Quase certamente esqueceu-se de repor a compensação de exposição, ou acidentalmente alterou um valor fora da escala. Se estiver a fotografar em RAW e a foto ficou muito escura você pode ser recuperá-la num programa de edição.

6. Fotografou em JPEG em vez de RAW

Não é o pior erro do mundo. Se conseguir a exposição correcta é óptimo mas bastante aborrecido se a foto ficar sobrexposta ou subexposta, ou seja o balanço de brancos está errado. Fotografe normalmente em RAW  e desfrute dos seus benefícios na edição. Você pode converter uma imagem RAW para JPEG, mas não o contrário. Se quiser tirar o melhor proveito das suas fotos, configure a sua câmera para os dois modos em simultâneo.

7. Apagar fotos directamente da câmera

Com LCDs nas câmeras cada vez maiores e com uma quantidade de píxels elevadíssimas, temos a tendência de visualizar as fotos e algumas que nos pareçam que não ficaram bem apagá-las de imediato. Se é esse o caso então está na altura de parar de o fazer, não apague nenhuma fotografia através da câmera, passe-as todas para o computador e no conforto de sua casa então elimine as que não considera que estejam suficientemente boas. Não se esqueça que visualizar as fotos no LCD da câmera é bem diferente do que ver no monitor do seu computador.

8. Fotografias desfocadas

Você ia jurar que a foto captada parecia estar óptima pelo LCD da câmera, mas  com a ampliação a 100% num monitor decente, constata que está ligeiramente desfocada. Excluir. Mais uma para a lixeira. Se você estiver a fotografar e a segurar a câmera à mão, utilize sempre uma velocidade de obturador mais rápido do que o comprimento focal – para usar 1/400 segundo ou mais rápido para 300mm, ou 1/80 segundo ou mais rápido para 70mm. Melhor ainda, use um tripé, a função de bloqueio do espelho e um comando disparador e nunca mais precisa de se preocupar com imagens desfocadas.

9. Compre uma boa câmara e invista depois em lentes

A fotografia é uma daquelas raras combinações de arte e ciência, mas pode ser fácil esquecer a primeira das combinações e gastar todo seu dinheiro na última combinação. Os fotógrafos simplesmente não conseguem resistir a cobiçar os últimos modelos de câmeras DSLR, que prometem mais recursos, melhor desempenho e melhores imagens do que o modelo anterior. Na verdade  uma ideia sábia será de começar por actualizar suas lentes preterindo o corpo, especialmente se você ainda estiver usando a lente de kit  que acompanha a câmera, a lente tem uma maior influência sobre a qualidade da imagem.

10. Não verificar o cartão memória antes de formatar

Verifique, verifique e torne a verificar se você transferiu todas as fotos de seu cartão memória para o computador antes de formatá-lo. Não há sentimento pior do que perceber que você tenha eliminado todas as fotos da sua última sessão fotográfica. Por outro lado, certifique-se que formata o cartão na câmera depois de ter copiado as fotos. Se formatá-lo no seu computador em vez de o fazer na câmera, haverá um risco maior de corromper o cartão e poderá perder algumas fotos à custa disso.

Tem a sua própria lista de erros comuns em câmeras DSLR? Partilhe-os deixando o seu comentário abaixo.

2 responses

  1. acho que eu sou o unico ser do mundo que ve beleza em fotos desfocadas (mas nem todas, calma)

    03/03/2011 at 12:32 AM

    • stehantonoff, completamente de acordo.
      Há fotos desfocadas que resultam bastante bem, mas como dizes nem todas…

      03/03/2011 at 9:38 AM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s